logo-mini

Share

O VALE PARA UM LEÃO DA MONTANHA

 

Quem anda com Picó pelo Vale do Capão sabe o que vai encontrar pela frente. Mensagens de apoio que beiram a devoção, perguntas carinhosas sobre os próximos projetos e sua família, e convites que vão de tocar e trilhar até almoçar. Picó é o exemplo de quem vem ”de fora” (mesmo que Salvador fique a 6 horas de distância) e, de tão envolvido com a comunidade, passa a ser considerado local.  A possibilidade de ter um contato íntimo com a natureza e ver sua família crescer entre montanhas e passarinhos fez com que escolhesse o Vale.

 

‘’Olho as paisagens e

posso perceber, e até sentir,

que Deus está comigo’’ Picó Roots

 

Uma das lições mais importantes que devem ser aprendidas rapidamente por quem busca seu lugar no mundo é que não basta largar a cidade para viver em um paraíso como esse. A natureza pode até estar aqui para todos, mas só protege quem cuida dela. Picó é daqueles que não perde a oportunidade de pregar a favor do meio ambiente, seja nas suas letras ou em um simples encontro informal. Uma das suas músicas mais pedidas fala sobre a vivência como brigadista voluntário, quando ao lado de vários guerreiros enfrentou a mata para apagar os incêndios criminosos que sempre rondam a Chapada Diamantina.

‘’Todos os anos a

Chapada Diamantina queima,

vítima de incêndios florestais.’’ Picó Roots

 

PICÓ E MANGA ROSA
Nossas reuniões são regadas a risadas e muitos, muitos planos. Desde o início, a possibilidade de trabalhar com música e com mensagens nas quais acreditamos nos motivou de uma forma incrível. E achamos que receber ou visitar esta família é um evento inspirador para nossa vida como profissionais e habitantes deste mundo louco.  

O projeto de identidade visual começou com o forte desejo por uma marca que o representasse em todos os seus formatos de trabalho. O ‘’Leão da Montanha’’, apelido dado pela comunidade, ganha rosto, cores e, principalmente, personalidade. Se quiser ver mais um pouco do que desenvolvemos para Picó, clique aqui. E para conhecer um pouco mais do som que ele produz, clique aqui.

Aida Polimeni

Graduada em comunicação social no Escola Superior de Marketing, estudou na ESPM - SP, trabalhou em grandes agências do Recife e ganhou prêmios, como manda o figurino. Após a maternidade, sentiu a necessidade de debater o espaço das mulheres no mercado de trabalho. Muitas coisas a levaram para uma vida na estrada, mas essa é uma história que fica melhor contada aos poucos.


One comment

    • Vilma Zeferino-
    • 13 de julho de 2017 at 15:37-
    • Responder

    Sou fã de carteirinha de Aida Polimeni desde os tempos de faculdade, talvez até antes e tudo virtual e por osmose. Conheço sua determinação e garra. Sua beleza, sua idiossincrasia, me fascinam. Vejo nela o que sonhei fazer e por medo não fiz. Sucesso é a palavra que a define. Ela não veio ao mundo para passear e sim para deixar sua marca. Não só a da MANGA ROSA, mas a de outras lutas que ela abraça.

    Ah… não resisti e peguei uma fala do Picó Roots: ‘’Olho as paisagens e posso perceber, e até sentir, que Deus está comigo’’

Leave a Comment